Skip to content

Os Malefícios da Maconha

“A maconha reduz a defesa das pessoas às doenças. E mesmo consumida em doses mínimas, pode prejudicar a capacidade de dirigir, pois ataca a concentração, atenção e juízo dos motoristas, diminuindo as faculdades de percepção e movimento. A probabilidade de que os usuários experimentam outras drogas é grande. Entre elas o haxixe, alucinógenos, anfetaminas, barbitúricos e heroína. Apesar de por si só não levar às demais a maconha age como ponte. A maconha associada ao álcool prejudica física e psicologicamente. Um mal que ataca milhares de pessoas em todo o mundo. É muito difícil que o consumo de maconha seja legalizado. Porque junto com tabaco (fumo) e álcool, corre-se o risco de se criar uma sociedade de doentes físicos e mentas.”

Princípio Ativo

A maconha é uma erva de nome científico Cannabis sativa que, dependendo das condições de cultivo, pode sintetizar uma porcentagem maior ou menor de uma substância denominada THC, ou tetrahidrocanabinol, que é a principal responsável pelos efeitos da droga no organismo humano.

A forma de consumo varia desde a inalação de sua fumaça por meio de cigarro … Leia mais

Read more

Depressão Infantil – Saídas Possíveis

Estamos vivendo em um mundo cada vez mais acelerado. A oportunidade de estarmos com as pessoas que mais amamos é cada vez menor. Muitas crianças só têm a oportunidade de estarem, de verdade, na companhia dos pais nos finais de semana e essa é uma realidade que está difícil de ser mudada. O que pode melhorar? A qualidade do tempo disponível entre pais e filhos para estarem juntos.

Uma criança que é tocada, enxergada e ouvida sente-se amada e carrega dentro dela esse estado de amor aonde quer que vá, mesmo longe dos pais. Muitas que passam o dia inteiro na escola são felizes, pois sentem que pertencem a uma família, sentem-se queridas e desenvolvem assim o desejo de fazer o mesmo com as pessoas a quem amarão no futuro.

Um dos fatores que gera a depressão Infantil é a “eterna” ausência. É a ausência mesmo estando junto. É a falta de certeza se realmente é amada, gerando assim um sentimento de desamparo que pode passar a fazer parte da sua estrutura emocional. 

Esse vazio pode gerar a sensação que … Leia mais

Read more

As Propagandas de Bebidas Alcoólicas na Mídia Brasileira

Inicialmente, convém relembrarmos que o álcool é um depressor do sistema nervoso central, ou seja, é Droga Psicotrópica, que pode causar dependência e sérios problemas físicos e emocionais. Sabemos ser gravíssimas as conseqüências do uso crônico do álcool, assim como há riscos implícitos ao uso abusivo, ainda que realizado apenas às vezes. Os riscos para os bebedores crônicos vão das elevações de pressão arterial, às úlceras, problemas cardíacos, à cirrose hepática, às hepatites, tumores de laringe e esôfago, dentre outros. 

Todos sabem, atualmente, que o Brasil ocupa os primeiros postos, nas estatísticas mundiais de acidentes de trânsito com vítimas; as bebidas alcoólicas são a base desse problema. Também em relação à violência doméstica e à violência sexual, temos, infelizmente, o álcool como uma das principais explicações.

Devemos, ainda, considerar que os próprios pais, muitas vezes, estimulam o consumo de bebidas pelos filhos, ora pelo próprio exemplo – pais que bebem com freqüência, ora pelas “brincadeiras”: deixam a criança tomar a “espuminha do chope” ou misturam vinho aos refrigerantes para elas. Como consideramos em outra ocasião, o álcool, muitas vezes, é … Leia mais

Read more

Autoestima

“Amor-próprio”, “faz bem ao ego”, “se gostar”, “gostar primeiro de si para poder amar o outro”, etc., são termos mencionados pelas pessoas usualmente para designar a ideia difundida no imaginário coletivo acerca da necessidade da autoestima.

Por outro lado, sentimentos de tristeza, depressão, incapacidade, vazio, impotência, insegurança, mobilizam e impulsionam as pessoas a buscar fórmulas prontas, soluções rápidas e, muitas das vezes, medicamentos ou livros de autoajuda.

Trata-se aqui de esclarecer o quanto é complexa essa rede de significações, o quanto sua origem é primitiva e o quanto está ligada a aspectos inconscientes relacionados a fases originárias do desenvolvimento.

Quando se fala em narcisismo, no senso comum, a palavra é associada automaticamente a uma idéia de vaidade excessiva, amor exagerado a si mesmo.

Porém, clinicamente, o conceito de narcisismo se refere a uma etapa do desenvolvimento libidinal, onde a libido está voltada para o próprio ego em formação.

O que quer dizer isso? Que nesse começo, o narcisismo designa estruturalmente o surgimento de um sujeito, e não se trata de uma defesa, mas de uma etapa fundamental no desenvolvimento.

É … Leia mais

Read more

Câncer? menos mal…

Certamente, todos já ouvimos alguém falar no jornalístico da televisão, em depoimento marcado por um misto de espanto e desespero, que “eu não esperava que isso pudesse acontecer comigo”. Mas, como foi na tv, distante, continuamos achando o mesmo – que aquilo de ruim que aconteceu é coisa impossível de nos atingir.

Assim se dá com o câncer. Sabemos do caso do parente do vizinho, do comerciante da esquina, do artista famoso… mas não visualizamos a menor possibilidade de acontecer conosco ou com um familiar nosso.

Infelizmente, nem sempre é assim. Na maioria das vezes, é bem verdade, por conta de falta de cuidado, principalmente daqueles em cujo histórico familiar haja casos da doença e que, por isso, têm maior predisposição ao câncer. A esses, em especial, conquanto seja impossível afastarem-se de todos os fatores ambientais cancerígenos, recomenda-se que se submetam regularmente a exames preventivos, o que nem sempre é seguido.

Mister se faz também, que tenhamos em mente que determinados agentes externos que podem ser evitados são responsáveis por grande parte das incidências. Temos, por exemplo, maior quantidade de … Leia mais

Read more
Sidebar